• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    01/11/2018 10h57 - Atualizado em 01/11/2018

    Capitolina vence festival de poesia no Rio de Janeiro

    PERPÉTUA AMORIM VENCEU EM PRIMEIRO LUGAR O 9º FESTIVAL DE POESIA FALADA DE SÃO FIDéLIS E LEVOU O PRÊMIO DE R$5 MIL E TROFÉU COM ?O FAZEDOR DE MÁGICAS?. evento aconteceu nos dias 26 e 27 de outubro

    Adriana Dias - Da Redação

    A poetisa Perpétua Amorim mora em Franca, mas nasceu em Capitólio, na comunidade Macaúbas, e foi a ganhadora do IX Festival de Poesia Falada de São Fidelis, com o poema de sua autoria, intitulado ‘O fazedor de mágica’. Ficou em primeiro lugar em declamação de poesia. Recebeu troféu e cinco mil reais em dinheiro.
     O Festival aconteceu nos dias 26 e 27 de outubro, na cidade de São Fidelis, no estado do Rio de Janeiro. Foram selecionados 35 poemas para a final. Na sexta, 26, todos os autores selecionados apresentaram seus textos, 20 deles foram eliminados e 15 classificados para a grande final que aconteceu no sábado, 27.
     A organização não informou o número exato de participantes, comunicaram durante a cerimonia que o numero de inscrição havia passado de 1.500 inscritos. Por ser um evento que oferece prêmio em dinheiro, o numero de inscrição é bem grande.
     As inscrições foram comunicadas através de e-mail emitido pelos organizadores. O inicio das inscrições aconteceu no primeiro semestre de 2018. As apresentações eram na modalidade oral e os autores precisavam declamar seus poemas.
    Perpétua contou que é uma fiel participante de concurso literário. “Tenho em meu currículo mais de 90 premiações em diversos concursos pelo Brasil afora e, alguns em Portugal. Ganhar em São Fidelis é o desejo de todos que conhecem e participam de concursos literários, é um grande certame. Adorei, estou muito feliz”, comemorou.
    O Festival de Poesias de São Fidelis acontece dentro da semana de poesia e movimenta toda a região serrana do estado do Rio de Janeiro. Reúne poetas e declamadores de varias cidades e da capital fluminense.
    A capitolina tem um livro de poesias publicado com o título ‘Ramalhete de mim’, e um livro infantil ‘Cantigas de ninar’. Conta com participação em 68 antologias. Escreveu o livro ‘Memórias da Academia Francana de Letras’, com a ajuda de outra escritora, Ivani Marchesi. É presidente da AFL, ocupa a cadeira de número 23, e o seu patrono é poeta Jorge Falleiros. É acadêmica da AFL desde 2005. Colaborou com a formação da Academia Cassiense de Letras.
    O IX Festival Aberto de Poesia Falada de São Fidélis é um evento organizado pela prefeitura de São Fidélis, por meio da secretaria de Cultura e da secretaria de Educação, e tem por finalidade não só valorizar os poetas fidelenses, sustentando o topônimo ‘Cidade Poema’, como também promover o intercâmbio e entrosamento entre poetas da região e do país reunindo pessoas de idades variadas num grande espetáculo artístico e cultural, que objetiva divulgar positivamente a poesia e amor às letras.
    Com o objetivo de preservar a Língua Portuguesa, o IX Festival Aberto de Poesia Falada de São Fidélis visa alcançar integrantes da sociedade Brasileira, em especial a comunidade Fidelense, que gostem de poesia e se interessem em criá-la de diferentes modos, estilos e estéticas. Além disso, o festival busca contribuir para a difusão cultural do Português em nossa sociedade. 

    Mais sobre a editoria

    Nenhum resultado encontrado.
    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2018 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus