• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    31/08/2018 09h09 - Atualizado em 31/08/2018

    Cai número de serviço de banda larga

    A PARTICIPAÇÃO DOS PROVEDORES REGIONAIS DE BANDA LARGA FIXA CRESCEU 49,43% NOS ÚLTIMOS 12 MESES NO PAÍS. NO ENTANTO, O NÚMERO DE CONTRATOS DE INTERNET VIA RÁDIO, FIBRA ÓTICA OU SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO CAIU NA REGIÃO

    Beatriz Silva
    PASSOS — A microrregião de Passos não acompanhou a alta do país em relação ao número de pontos fixos de serviço de banda larga e apresentou uma diminuição no índice de internet via rádio, fibra ótica ou serviço telefônico fixo. Ainda segundo o relatório divulgado ontem, 30, pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), entre os quatro maiores municípios da região, três estão na listagem decrescente.
    Em janeiro de 2018, em Passos foram registrados 7.061 pontos de internet, porém, o número caiu 7,59% no mês de julho e chegou a 6.525 – não estão nesse levantamento os pontos de telefonia celular. São Sebastião do Paraíso também está entre as cidades com um menor número de contratantes de serviço de banda larga fixa; enquanto no início do ano o total era de 7.278 pontos, a localidade registrou uma queda de 27,4%, o que resultou em um resultado atual de 5.279 conexões.
    Piumhi teve um decréscimo de 15,10%, o que fez com que a cidade deixasse de possuir 5.813 conexões em janeiro, para ter, conforme o último levantamento, 4.935 contratos. Em contrapartida, Cássia obteve um saldo positivo de 14,41%, deixando de registrar 1.790 ligações de internet, para dispor de 2.048 conexões atualmente. 
    Em Itaú de Minas, onde anteriormente havia 3.007 contratos ativos, hoje existem 2.666, o que indica uma queda de 11,3%. Já em Carmo do Rio Claro a baixa foi de 27,03%, de janeiro a julho. Alpinópolis, município no qual o total de acordos de internet em operação era de 911, passou a compreender apenas 622.
    Da mesma forma, Pratápolis, São João Batista do Glória, Jacuí e São Tomás de Aquino exibiram uma diminuição de 29,5%, 23,6%, 16,2% e 49.2%, respectivamente. O que implicou em 236 contratos a menos em Pratápolis, 159 em São João Batista do Glória, 41 em Jacuí e 93 em São Tomás.
    Por outro lado, Capetinga, assim como Cássia, também esteve entre os poucos municípios da região com repercussão positiva, onde, na localidade, houve um crescimento de 12,2%, o que indica  65 instalações, comparando os meses de janeiro e julho.
    Matéria exclusiva para assinantes

    Faça já a sua assinatura, tenha o jornal impresso em sua casa ou dê de presente para quem você gosta e ganhe o acesso nas páginas digitais pela internet, ou seja: Versão Impressa + Digital.

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus