• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    11/07/2018 06h00 - Atualizado em 11/07/2018

    Southgate elogia torcida inglesa e se orgulha do elenco

    RÚSSIA - Os ingleses já fizeram mais do que se esperava. O time jovem do técnico Gareth Southgate chegou sem muita badalação e superou todas as expectativas alcançado uma vaga na semifinal da Copa do Mundo após 28 anos. Orgulhoso do feito do time que apostou, o treinador aproveitou o momento especial para valorizar a importância do futebol para todo o país. Há muito não se via a Inglaterra envolvida desta forma com o futebol.
     
    “Não estou acostumado com isso na minha carreira. Estou muito orgulhoso da reação da torcida. Isso não é apenas sobre a maneira como jogam, eles são grandes embaixadores do nosso país. Nosso país passou por momentos difíceis recentemente, no que diz respeito a união, unidade. Nós recebemos boas mensagens da torcida e isso é um privilégio para nós” - disse Southgate, que defendeu a seleção da Inglaterra em duas Copas do Mundo (2002 e 1998) e também duas Eurocopas (1996 e 2000).
     
    Chegar até este ponto já pode ser considerado um feito, mas o mantra inglês segue o mesmo. Apesar de uma quebra de tabus importantes para o futebol do país, agora é o momento de ir além, segundo o treinador.
     
    “Somos um dos times mais jovens do campeonato. Mas esse time sempre teve fome de ir em frente e estamos orgulhosos da maneira como jogamos. Tivemos que enfrentar pressão, marcamos gol no final, sofremos gols no final, fomos aos pênaltis. E sempre nos recuperamos. Foi a primeira vitória em quartas de final em muito tempo” - afirmou Southgate.
     
    Com uma seleção bastante jovem e sem muita experiência, a Inglaterra tem conseguido superar desafios mesmo com toda a pressão em cima do time, e Southgate se mostrou confiante com o alto nível dos jogadores:
     
    “Temos jogadores que ganharam troféus pelos seus clubes, que jogaram finais neste ano. Jesse Lingard e Marcus Rashford ganharam um troféu europeu mesmo sendo muito jovens. Eles estão preparados para grandes testes. O técnico pode ajudar, mas é importante que essa experiência também venha dos outros jogadores. Tentamos manter o ambiente o mais normal possível. Tem um ambiente externo, pedidos de ingressos, e nós tentamos ficar a parte disso. As famílias vieram nos visitar no hotel, as sessões de treino têm sido iguais a sempre. Temos que nos preparar do mesmo jeito. Como jogador, se você consegue manter seu nível nesses jogos altos, é bom. Foi o que me alegrou nos últimos jogos, que atingimos nosso nível nos jogos importantes.”
     
    “Para um país que sempre teve uma população pequena, a Croácia sempre produziu jogadores incríveis. Será um grande teste para nós, mas estamos na semifinal da Copa e para eles não será diferente.” - finalizou o técnico.
    Matéria exclusiva para assinantes

    Faça já a sua assinatura, tenha o jornal impresso em sua casa ou dê de presente para quem você gosta e ganhe o acesso nas páginas digitais pela internet, ou seja: Versão Impressa + Digital.

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2018 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus