• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8859-0028

    Passos
    ESCOLHA UMA CIDADE

    Passos

    18º MIN 28º MÁX
    MOEDA
    Dólar Euro Peso Libra Bitcoin
    COMPRA
    R$ 3,21 R$ 3,93 R$ 0,17 R$ 4,48 R$ 37.100,00
    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    12/01/2018 09h21 - Atualizado em 12/01/2018

    TRE não vai multar por falta de biometria

    o cartório eleitoral em Passos, que conta com sete servidores e três equipamentos para fazer a biometria, superlotou nos últimos dias, sem necessidade nenhuma, prejudicando os serviços ordinários do loca

    Adriana Dias
    PASSOS – É mentira. O Tribunal Regional Eleitoral não vai multar os eleitores que não fizeram a biometria. O chefe do cartório da zona eleitoral de Passos, Alexandre Araújo, é categórico ao dar esta informação. “Não passa de um boato criado nas redes sociais, por meio de fake news (notícias mentirosas criadas e divulgadas em whatsapp e facebook). Ninguém terá que pagar R$150 ou qualquer outra quantia por não ter efetuado o procedimento”.
    Conforme Araújo, o cartório eleitoral em Passos, que conta com sete servidores e três equipamentos para fazer a biometria, superlotou nos últimos dias, sem necessidade nenhuma, prejudicando os serviços ordinários do local, como novos títulos, transferências, segunda via e processos eleitorais.
    “A primeira leva de boatos teve início em novembro e afirmava que o governo federal iria multar as pessoas que não fizessem a biometria. Então, desde novembro que as pessoas estão buscando a realização do procedimento por conta das notícias mentirosas. Isso tem gerado um transtorno no cartório, a ponto de termos que criar um mecanismo de agendamento via internet e telefone. Os agendamentos são feitos pela página do TRE no endereço www.tre-mg.jus.br ou pelo fone 148”, informou.
    Para o agendamento eletrônico, Araújo orienta que o eleitor deve entrar na página, clicar em agendar atendimento nos cartórios, clicar em agende aqui e escolher a cidade. A página vai gerar uma data e horário para o comparecimento no cartório. 
    “Pelo telefone 148 também o cidadão pode fazer o agendamento. Alertamos que pelo telefone do cartório de Passos não serão feitos agendamentos e que, para os casos específicos que pessoas analfabetas ou que não tenham capacidade ou possua internet, o agendamento poderá ser feito presencial no cartório”, salientou Araújo.
    Ainda de acordo com o chefe cartorial, a capacidade instalada do cartório de Passos não suporta o fluxo para atendimento como vem ocorrendo nos últimos dias, com a procura de cerca de  1.500 pessoas no mês. “Nossa capacidade é de atender no máximo mil mensal e teve dia que atendemos 500 em um único dia. É desumano para quem está trabalhando e mais ainda para as pessoas que ficam lá aguardando na fila, reitero, sem necessidade nenhuma”, disse.
      O boato aponta que os eleitores que não fizerem a biometria vai perder o RG, CPF e carteira de habilitação. 
    “Estamos agora numa contra-campanha e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desmentiu o boato, claro, e nós dos cartórios estamos buscando orientar a população, informando da falsidade da notícia. O eleitor deve ficar atento sim ao calendário estabelecido pelos respectivos Tribunais Regionais Eleitorais (TRE) para fazer o cadastramento dos eleitores em cada estado. Em Minas Gerais as únicas cidades que estão fazendo o processo de revisão são Betim, Contagem, Uberlândia e Uberaba. E para estes locais o governo envia uma equipe maior, com mais equipamentos. Uberlândia, por exemplo, está trabalhando com 85 equipamentos. E nestes casos, o Tribunal faz uma campanha específica para a cidade. O que não é o nosso caso”, informa.
    Araújo conta que nestas cidades pelo menos 80 máquinas estão em funcionamento, pois nestes locais sim, há a necessidade da revisão do eleitorado. “A biometria é obrigatória para os 140 milhões de eleitores do Brasil e o prazo estipulado é 2022, porém, para nossa região não tem data prevista. Em Passos temos 79 mil eleitores e já efetuamos 8 mil biometrias. E para cada uma ação demoramos em média 15 minutos, pois o procedimento é demorado”, afirmou.
    Para fazer a biometria é necessário fazer a revisão dos dados biográficos, para o caso de eleitor que já tenha o título e no caso dos novos, fazer o título. “Nesta etapa vamos conferir se o nome está correto, se mudou de telefone, de endereço, de profissão ou se quer mudar o local de votação. A próxima etapa é a coleta biométrica com a assinatura digital num pad com caneta especial. O terceiro passo é fazer a foto nos parâmetros para o documento e a quarta e última etapa é a coleta das digitais dos 10 dedos”, explicou.
    12/01/2018
    8 / 1

    O chefe do Cartório Eleitoral em Passos, Alexandre Araújo, orienta os eleitores que o TSE não definiu data limite para a biometria

  • Matéria exclusiva para assinantes

    Faça já a sua assinatura, tenha o jornal impresso em sua casa ou dê de presente para quem você gosta e ganhe o acesso nas páginas digitais pela internet, ou seja: Versão Impressa + Digital.

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8859-0028

    © 1984 - 2018 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus