• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    06/11/2017 08h29 - Atualizado em 06/11/2017

    O sofá de couro caramelo

    No estilo boho ou minimalista, este móvel vai ser o grande destaque da sua sala, fique atento as dicas da arquiteta e saiba como e onde comprar sofás que fazem a diferença

    Por ser o cartão de visitas da casa, a sala talvez seja o maior foco de quem está começando a decorar o lar e dessa forma, como não poderia ser diferente, a escolha do sofá se torna um verdadeiro dilema. Mas, se você é do tipo que vive procurando ideias visuais pela internet, provavelmente já se deparou com um modelo muito utilizado em referências internacionais: o sofá de couro caramelo.
    Para quem é fã de estilos como o boho ou o minimalista esse tipo de sofá é amor à primeira vista, mas as dúvidas quanto a integrá-lo na sala são as mais diversas. É fácil de combinar? Couro tem alguma desvantagem? Precisa seguir alguma regra? Todas essas perguntas podem surgir, mas calma, incluir o sofá de couro caramelo no ambiente não é tão difícil quanto parece.
    Antes de imaginar toda a décor da sua sala em torno do sofá, é preciso ter noção de preço. Conforme alerta a arquiteta Mayara Dotti, o preço de um sofá de couro é sua maior desvantagem: “por serem caros, não permite que sejam trocados com facilidade caso a pessoa enjoe do modelo”, diz ela, que também acredita ser esse o motivo de não tornar o item uma tendência popular.
    Outro ponto que você deve considerar, e que já é bastante sabido, é a temperatura do tecido que se adapta a temperatura do corpo e pode causa aquela sensação de “grudar” na pele conforme o suor vai sendo eliminado em dias muito quentes.
    Mas se você é apaixonado pelo modelo, não desanime, há sempre o custo-benefício a ser levado em conta e com sofás de couro fazer essa comparação realmente faz sentido, já que as vantagens são muitas.
    A arquiteta Vanessa Chieregato explica que durabilidade é um dos principais benefícios: “se bem cuidado, é um sofá para uma vida”, diz. Por isso, é preciso lembrar de hidratá-lo sempre que for preciso. Além disso, ela lembra da facilidade na hora da limpeza, que pode ser resolvida apenas com um pano úmido; e o fato de ele ser impermeável: “é um sofá extremamente versátil”.
    O sofá de couro é um móvel clássico, muito presente nas décadas passadas e que perdeu espaço para outros materiais com o passar do tempo, mas se engana quem pensa que não é possível incluí-lo na decoração atual sem deixar a sala com aspecto antigo.
    “O couro nunca sai de moda e combina com muitos estilos. Traz conforto, praticidade e elegância para diversos tipos de decoração e ambientes. Porém, é importante alguns cuidados ao escolher um sofá de couro, como a cor, tipo de acabamento e a interação com os outros objetos escolhidos na decor”, orienta Mayara.
    Por isso, optar pelo caramelo, cor mais em voga quando o assunto é sofá de couro, é uma ótima forma de incorporar referências mais atuais, dos já citados estilos boho ou minimalista.
    Vale investir também em cores mais neutras, e cuidar para não exagerar no objetos escolhidos – o sofá nesse caso precisa ser o destaque do ambiente. “O bege, o branco, o preto, o cinza e o dourado com pontos mais específicos. E claro, sempre com o verde das plantas pra dar aquela harmonia e não ficar tudo tão sério”, exemplifica Vanessa Chieregato.  

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus