• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

       
    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    30/10/2017 08h50 - Atualizado em 30/10/2017

    Letter board ganha espaço no Brasil com ambiente personalizado

    Tendência já bastante difundida no exterior, o letter board – ou quadro de letras – começa a ganhar espaço no Brasil. O objeto é bastante simples, mas pode fazer todo o diferencial, já que é capaz de deixar a decoração mais personalizada. Com ele, é possível escolher uma palavra ou frase com a qual o dono da casa se identifique. Além disso, o letter board é facilmente incorporado à decoração com harmonia e dá um ar mais vintage ao ambiente. O único problema é que ainda é tarefa complicada encontrar o objeto à venda no mercado nacional, mas não é missão impossível.
    Já é comum no país usar quadros com mensagens, mas o letter board tem surgido como uma referência a ser usada, principalmente por ter um cunho afetivo em relação ao passado. “O uso do letter board é uma tendência que está surgindo timidamente no Brasil, ao contrário dos Estados Unidos e de outros países da Europa. Aqui, já tínhamos o costume de decorar os ambientes usando mensagens em quadros, palavras e letras soltas, mas agora temos uma referência a ser utilizada, e que um dia fez parte do nosso cotidiano. Quem não se lembra de ter visto estes letreiros de plástico em lanchonetes?”, questiona o arquiteto Artur Diniz.
    Para ele, essa é uma tendência que reflete a necessidade cada vez maior de as pessoas se expressarem através das palavras. “Chega a ser terapêutico o processo de montagem e remete diretamente às nossas brincadeiras de infância”, acrescenta. O resultado é sempre bastante original. “O resultado é elegante e sóbrio”, afirma o arquiteto.
    O fato de garantir uma decoração mais personalizada também é ponto positivo. “Se você produzir seu próprio letter board, poderá personalizar com frases únicas, poemas seus, trechos de músicas que contam sua história, então não haverá nada mais original e simples. Já se comprar pronto, vai escolher um que tenha uma mensagem com a qual se identifique”, acrescenta.
    Não existem regras e os quadros de letras ganham espaço em qualquer ambiente da casa. Porém, com certos cuidados, eles podem ganhar ainda mais destaque e deixar o ambiente mais charmoso. “Na parede, poderá estar camuflado em meio a outros quadros, formando uma composição. Mas não passará despercebido, pois somos automaticamente impelidos a ler ou interpretar a mensagem”, garante Artur, que aconselha explorar mesas laterais, prateleiras, bancadas, mesas de centro e estantes. Já se usados em cozinhas e banheiros, eles dão um ar despojado ao ambiente.
    Existe ainda outras maneiras de comprar um quadro de letras. “No Brasil, empresas de comunicação visual fornecem letreiros com módulos para fixação direcionados a lanchonetes e outros estabelecimentos. Um painel 30×45, com aproximadamente 300 caracteres, custa em torno de R$ 70. Você pode fazer o pedido, montar seu quadro e caprichar na moldura. Vai ser sucesso”, garante. Outra dica que ele dá é garimpar as peças em brechós. “Você pode ter a surpresa de encontrar relíquias de famosos restaurantes ou lanchonetes para expor em casa”, conclui.

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2019 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus