• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8859-0028

    Passos
    ESCOLHA UMA CIDADE

    Passos

    18º MIN 28º MÁX
    MOEDA
    Dólar Euro Peso Libra Bitcoin
    COMPRA
    R$ 3,19 R$ 3,47 R$ 0,21 R$ 4,09 R$ 4.250,00
    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    20/04/2017 16h32 - Atualizado em 20/04/2017

    McLaren surpresa com confiabilidade do motor Honda nos testes

    Globo Esporte
    Foto: Reproduo
    Foto: Reprodução

    A fase da McLaren é tão ruim, que o bom desempenho no segundo dia de testes coletivos no Bahrein surpreendeu até mesmo os próprios membros da equipe. Apesar dos problemas na terça-feira, quando não conseguiu marcar volta rápida na primeira sessão, na quarta, Stoffel Vandoorne deu 81 voltas, marcando o quarto melhor tempo do dia. Peguntado sobre a melhora na confiabilidade do motor Honda, Eric Boullier, diretor de corrida da escuderia, não soube explicar os motivos.

    - Se soubéssemos... este é o problema, eu não sei. Tudo funcionou perfeitamente, estamos até forçando um pouco em termos de configurações, tentando usar a oportunidade, e tudo está funcionando. Este é um teste adequado hoje, tudo que você planeja você pode testá-lo e fazer de novo, por isso é muito bom - comentou surpreso.
    Para os testes coletivos na pista de Sakhir, a Honda fez alguns ajustes temporários visando evitar os problemas ocorridos no final de semana do GP do Bahrein. Cauteloso, entretanto, Boullier advertiu que seria errado acreditar que a fabricante japonesa agora resolveu totalmente os problemas de confiabilidade.
    - Ontem (terça-feira), nós mudamos o motor e fizemos 17 voltas, mas não conseguimos encontrar nada de errado fisicamente no carro, então acho será complicado para a Honda entender o que está errado. É talvez proveniente de um problema de lote, talvez algumas anomalias sejam relacionadas ao carro... não há nenhuma causa comum - disse Boullier.
    Na última prova, disputada no Bahrein, Vandoorne sequer largou, enquanto Fernando Alonso brigou por uma posição entre o Top 10, mas acabou abandonando no final, fruto de mais uma quebra do motor Honda. Até o momento, a equipe britânica não marcou pontos, e segue na lanterna do Mundial de Construtores.

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8859-0028

    © 1984 - 2017 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus