• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8859-0028

    Passos
    ESCOLHA UMA CIDADE

    Passos

    18º MIN 28º MÁX
    MOEDA
    Dólar Euro Peso Libra Bitcoin
    COMPRA
    R$ 3,34 R$ 3,74 R$ 0,21 R$ 4,25 R$ 9.389,69
    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    20/04/2017 09h42 - Atualizado em 20/04/2017

    Com a Viacom, Porta dos Fundos vai chegar à Europa e aos EUA

    A compra do grupo de humor Porta dos Fundos, anunciada nesta quarta-feira pela Viacom, dona de marcas como MTV, Comedy Central e Paramount Channel, vai colocar o coletivo carioca no cardápio da TV paga dos Estados Unidos e Europa, além de outros países da América Latina. A aposta no grupo, concretizada em um negócio de valor não revelado, faz parte da estratégia da Viacom para crescer na América do Sul em audiência e publicidade.
    “A Viacom é uma empresa de conteúdo. Temos horas e horas de conteúdo. Acreditamos que precisamos possuir conteúdo para ser bem-sucedidos. Adquirir o Porta dos Fundos nos dá acesso a muitas horas de vídeos curtos, que queremos explorar não apenas no Brasil, mas ao redor do mundo. Vamos traduzir o conteúdo para a América Latina, a Europa e os Estados Unidos”, diz Pierluigi Gazzolo, presidente da presidente da Viacom International Media Networks (VIMN) Américas. “A publicidade está migrando para o branded content (marketing de conteúdo)“, complementa.

    Segundo Gazzolo, o negócio faz da Viacom a principal dona do Porta dos Fundos, que além do canal com o próprio nome, possui outros menores no Youtube, site e perfis em redes sociais, séries de TV, filmes, games, aplicativos e uma linha de produtos licenciados. Mas, em termos operacionais e criativos, o Porta dos Fundos seguirá o mesmo. “Nada muda. O Porta dos Fundos vai continuar na internet e seguirá como provedor de conteúdo, particularmente do Comedy Central, que pode ter um blog do Porta em seu site e conteúdo na TV. Queremos aprender com eles como crescer no mundo multiplataforma”, diz o executivo que, ao menos a princípio, descarta um canal próprio para o coletivo na televisão.

    “Queremos levar o Comedy Central para o nível de penetração do Nickelodeon, isto é, expandir de 60% para 80% a sua presença entre os assinantes dos diversos pacotes de TV por assinatura. Acredito que a televisão vai continuar crescendo na América Latina. Nós acreditamos no mercado brasileiro”, diz Gazzolo.

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8859-0028

    © 1984 - 2017 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus