• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8859-0028

    Passos
    ESCOLHA UMA CIDADE

    Passos

    18º MIN 28º MÁX
    MOEDA
    Dólar Euro Peso Libra Bitcoin
    COMPRA
    R$ 3,11 R$ 3,29 R$ 0,20 R$ 3,87 R$ 3.741,00
    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    19/11/2016 06h30 - Atualizado em 18/11/2016

    Smartphone é o presente mais desejado

    Celular deve ser, de novo, o principal presente do fim de ano do brasileiro
    Celular deve ser, de novo, o principal presente do fim de ano do brasileiro

     Apesar de a crise econômica ter reduzido o poder de compra do brasileiro no último ano, o desejo de comprar um smartphone - ou de trocar o atual por um mais avançado - não cessou. Com a aproximação do período de promoções que começa com a Black Friday, em 25 de novembro, e termina com o Natal muitas pessoas estão vendo uma oportunidade de, finalmente, viabilizar a compra.

    Para ajudar os consumidores a fazerem a escolha certa, o Estado preparou um guia com os melhores modelos de smartphones em quatro categorias de preço: abaixo de R$ 1 mil; de R$ 1 mil a R$ 1,5 mil; de R$ 1,5 mil a R$ 3 mil; e acima de R$ 3 mil.

    Não é de hoje que os smartphones estão no topo da lista de desejos dos brasileiros. De acordo com a empresa de pesquisa eBit, eles movimentaram R$ 360 milhões em vendas em sites de comércio eletrônico durante a Black Friday em 2015. Para este ano, segundo pesquisa encomendada pelo Google em agosto, os smartphones se mantém no topo da lista de produtos que as pessoas planejam comprar na Black Friday, com 44% das intenções de compra, à frente de calçados e roupas femininas. No total, 57% dos entrevistados afirmaram que planejam comprar um smartphone nos seis meses posteriores à pesquisa - o que abrange as celebrações de Natal e Ano-novo.

    “A Black Friday no Brasil não é só um dia para o segmento de smartphones, é um mês”, diz o analista de pesquisas da IDC Brasil, Diego Silva. “Os varejistas e os fabricantes estão com expectativa excelente para esse período.”

    Prova disso, segundo o analista, é a quantidade de promoções de smartphones que varejistas têm divulgado desde o primeiro dia de novembro. Com as ações, eles tentam impulsionar as vendas da categoria, que sofreu com a queda nas vendas por cinco trimestres consecutivos. “As fabricantes estão sentindo que há uma retomada do crescimento desse mercado”, diz Silva. As fortes vendas previstas para Black Friday e Natal devem ajudar o segmento de smartphones a fechar 2016 com um resultado melhor que o previsto pela IDC, que projeta 14% de queda em relação a 2015.

    Outras apostas
    Para quem já tem um smartphone para chamar de seu, a dica é aproveitar o período de promoções para comprar um produto que enriqueça a experiência com o dispositivo. Não é difícil encontrar acessórios inovadores, como relógios inteligentes e centrais multimídia. Enquanto os primeiros permitem receber notificações, contar passos e até pedir um táxi direto do pulso, o segundo facilita a exibição de conteúdo produzido com o celular para a TV, de forma descomplicada.

    E para quem é fã de jogar games no celular ou na TV, as promoções podem dar uma força para trocar o videogame antigo por um mais recente ou, ainda, renovar a coleção de jogos para curtir, sem pressa, a temporada de férias. 

    Reproduo
    Reprodução

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8859-0028

    © 1984 - 2017 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus