São Roque de Minas recebe o 2º Festival do Queijo da Canastra

NOS DIAS 2 E 3 DESTE MÊS, A CAPITAL DA SERRA DA CANASTRA RECEBE A SEGUNDA EDIÇÃO DO FESTIVAL DO QUEIJO DA CANASTRA. O EVENTO TRAZ PARA O PÚBLICO GASTRONOMIA, CULTURA REGIONAL E TURISMO

02/08/2019
Da Redação e Especial para Folha
Fernanda Freire e Laura Abreu

A segunda edição do Festival do Queijo da Canastra escolheu a cidade de São Roque de Minas para ser a sede do evento, que acontece nos dias 2 e 3 de agosto pela Associação dos Produtores de Queijo Canastra (Aprocan). O evento, que reúne gastronomia, cultura regional e turismo é aberto ao público e gratuito, sendo que no primeiro dia tem inicio às 18h e no sábado, 3, às 15h.


Os participantes podem aproveitar da intensa programação na Praça da Matriz, que conta com exposições e degustações de diversos produtos regionais; cozinha show com chef’s renomados, como Joanne Ribas- que cozinha no primeiro dia -, Renato Freire, Jaime Solares e Gabriel Trillo – que vão estar na programação de sábado- ensinando receitas culinárias; aula show de fabricação do queijo canastra na praça e também apresentações de Chico Lobo em trio, na sexta, e Renato Caetano e banda, no sábado. Além disso, o público também vai poder adquirir produtos artesanais da região, como cerveja, vinho, azeite, doce e claro, a estrela do evento, queijo.


Vão estar presentes 56 produtores associados da Aprocan e das sete cidades de procedência do queijo canastra, que são Delfinópolis, Vargem Bonita, Piumhi, São Roque de Minas, Bambuí, Medeiros e Tapiraí. A presença de medalhistas do Concurso Mundial de Tours também está confirmada. Segundo o gerente de projetos da Aprocan, Higor Freitas, são esperadas 2 mil pessoas nesta edição.


“A primeira edição foi um sucesso, atraiu bastante público principalmente de outras cidades como Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte. Foi bem bacana, teve diversas atividades e este ano a gente está preparando para que seja tão bom quanto ou até melhor que o ano passado, a tendência é evoluir cada vez mais. O público pode esperar um espetáculo cultural e gastronômico”, comentou Freitas.


Aqueles que quiserem enriquecer a experiência vão poder contratar roteiros gastronômicos diretamente na praça. As atividades vão de café colonial, almoço nas fazendas produtoras, degustação e harmonização de queijo com vinhos e cervejas, até passeios de balão e 4x4 pela Serra da Canastra.