Passos já arrecadou R$14 milhões de IPTU

22/05/2019

A arrecadação do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) começou no dia 11 de março na cidade e, como de costume, os proprietários dos imóveis tiveram a oportunidade de acertar o pagamento em cota única, garantindo 10% de desconto, ou parcelado.
Passados quase dois meses do início do pagamento, a arrecadação está dentro do que era esperado pelo município. Segundo o secretário da Fazenda de Passos, Clever Roberto Nascimento, a cidade tem 57.000 mil imóveis cadastrados; desse montante, 39% já pagaram o imposto na cota única, o restante está pagando em parcelas, que variam de acordo com o valor
do IPTU.
Até o momento, o município já arrecadou R$14.766.900,36 do imposto. O secretário comentou que, até o fim do exercício 2019, é esperado receber um valor aproximado de R$22.700.000.
O valor médio do imposto para cada residência é variado, pois, como explicou Nascimento, “o IPTU é calculado sobre o valor venal (valor de venda) do imóvel, portanto, são valores diferenciados, dependendo do seu tamanho, localização e tipo de construção,
entre outros”.
O contribuinte que não pagou o IPTU em dia ou tem dívida ativa com a cidade deve estar em alerta, pois, além de pagar as multas e juros, pode ter o CPF protestado ou sua dívida executada judicialmente.
Neste ano, os carnês foram enviados no fim do mês de janeiro. Além disso, houve uma mudança: as datas de vencimento aos sábados, domingos e feriados foram excluídas. Vale lembrar que cada mês tem uma data diferente de vencimento, sendo sempre nos dias úteis.