Carnaval de Monte Santo acontece em novo local

AS QUATRO ESCOLAS DE SAMBA QUE DESFILAM NO CARNAVAL DE MONTE SANTO DE MINAS PASSAM A UTILIZAR, A PARTIR DESTE ANO, UM NOVO ESPAÇO: O TERREIRÃO DO SAMBA

01/03/2019
Especial para a Folha
Geovana Gonçalves

M. S. DE MINAS - Tem início hoje, a partir das 21h, o Carnaval de Monte Santo de Minas, que, neste ano, conta com a obra recém-acabada do Terreirão do Samba, onde as quatro escolas do município irão se apresentar durante as cinco noites de festa. O prefeito, Paulo Sérgio Gornati, destacou que o Terreirão do Samba é uma grande conquista para o Carnaval de Minas Gerais.
“O Terreirão do samba foi construído há aproximadamente dez anos, a estrutura era simples e o espaço foi utilizado por apenas dois anos. Depois, a obra ficou paralisada. Então, quando assumimos a Prefeitura, tentamos reativar e fazer eventos da cidade no local. Agora, diante do empenho de muitas pessoas, conseguimos terminar a obra. É um espaço que o município está ganhando para facilitar a realização de eventos como o Carnaval; todas as instituições e o comércio local poderão usufruir desse espaço. É um marco importante para a cidade. O Terreirão do Samba vai possibilitar que o Carnaval se mantenha no futuro. É uma grande conquista para Monte Santo e para a região”, ressaltou o prefeito.
O secretário de Educação, Cultura, Turismo e Esporte da cidade, Pedro Silveira, informou a programação da festa, que se inicia hoje e vai até a terça-feira, 5.
“Haverá a apresentação de duas escolas por noite, além da presença de bandas durante todos os dias. Foram selecionadas bandas conhecidas na cidade e região. A entrada é gratuita e todos estão convidados para assistir ao desfile; teremos arquibancadas, praça de alimentação e os camarotes que estão sendo comercializados”, informou.
Uma reunião foi realizada na segunda-feira, 25, para entregar a obra oficialmente aos representantes das quatro escolas de samba da cidade.
O presidente da escola de samba Belém, que desfila há mais de 80 anos, Marcelo Lopes, disse que o novo espaço é um presente para as escolas.
“O Terreirão do Samba vai proporcionar tudo aquilo que a avenida não oferecia. Teremos arquibancadas, banheiros, um local melhor para desfilar. Vamos transformar esse espaço em um palco e fazer um grande show por vários anos”, afirmou Lopes.
O presidente da escola Unidos do Boas Novas, Carlos Perloti, compartilhou que a escola participa da festa há cinco anos e que o Terreirão do Samba veio para somar.
“Para desfilar, é mais fácil; o espaço facilita também para quem empurra os carros, o sistema de segurança e de ambulâncias estará mais preparado neste novo espaço”, destacou Carlos.