Coluna de Minas

13/02/2019
Rede de notícias do Sindijori MG

Coreanos vão investir 
US$2,5 mi no Norte
Autoridades municipais e estaduais do município de Padre Carvalho receberam na cidade uma comitiva de empresários sul-coreanos que investirão US$2,5 milhões, aproximadamente R$10 milhões, na implantação de uma fábrica de lâmpadas Led e a construção de uma usina fotovoltaica no município. Os investidores, segundo o prefeito Nilson de Sá, são do grupo sul-coreano Koreia Sistem Business (KSB). A contrapartida do município será a cessão de uma área de 1.600 hectares destinada a instalação do polo industrial, isenções e benefícios fiscais dos programas da Sudene e governo federal. (Tribuna do Norte – Salinas)
 
?Patos faz outdoors 
para informar dívida
Assim como o Governo do Estado, a Prefeitura de Patos de Minas também enfrenta problema de caixa. A Administração Municipal tem encontrado dificuldades até mesmo para pagar os salários dos servidores. Pelo menos 10 outdoors foram espalhados em vários pontos da cidade com as informações da dívida que o Estado tem com o município - calculada pela administração municipal em R$ 55 milhões. O custo para instalar cada outdoor na cidade pelo prazo de 14 dias gira em torno de R$ 550,00. (Jornal da Manhã – Uberaba)
 
?Conselho é acionado 
com 30% de faltas
Com o início do ano letivo, começa também a valer a redução do número de faltas escolares necessárias por aluno para que os conselhos tutelares sejam acionados pelas escolas. A decisão, aprovada pela Comissão de Educação do Senado, reduz o limite de faltas para estudantes dos ensinos fundamental e médio de 50% para 30%, conforme percentual estabelecido na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB – Lei 9.394, de 1996). Com a medida, as escolas que verificarem que um aluno faltou a 30% das aulas poderão acionar o conselho para apurar as causas da abstenção. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)
 
Sesc Fitness oferece novas modalidades
Que a prática de exercícios físicos melhora significativamente a qualidade de vida de pessoas de todas as idades já se sabe. A novidade agora é que, por meio do projeto Sesc Fitness, a instituição ampliou ainda mais esse conceito, incentivando e disponibilizando mais modalidades. O objetivo é aproximar o público permitindo que cada vez mais pessoas tenham acesso e interesse por essas práticas tão benéficas.. (Diário de Araxá)
 
Casu se destaca como referência na região
Criado há pouco mais de 10 anos, desde então, o Centro de Assistência à Saúde UNEC (Casu) vem ampliando sua oferta de atendimentos e hoje se consolida como referência na área de Saúde em Caratinga e demais municípios da região, através dos serviços prestados pelo Casu- Hospital Irmã Denise, do Centro de Reabilitação Funec e, ainda, do Hospital Veterinário Joaquim Felício. Há dois anos o Hospital Irmã Denise já disponibilizava os serviços de clínico geral e pediatra 24 horas de plantão, além de diversas especialidades médicas atendidas em consultórios ambulatoriais. (A Semana Agora – Caratinga)
 
Mutirão recolhe lixo durante o ano todo
Alvorada, Bom Pastor, Liberdade e Padre Libério receberam, no sábado, 9, o mutirão de limpeza de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, da chikungunya e do vírus zika. A ação é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), por intermédio da Vigilância em Saúde Ambiental do município. Foram recolhidos 4 mil quilos de lixo: garrafas, vasilhas, pneus, móveis, eletrodomésticos e material inservível. Um caminhão de uma empresa de reciclagem também participou da ação, além da blitz educativa realizada no mesmo horário do mutirão. (Gazeta do Oeste – 
Divinópolis)?
 
Itaunenses doam mais de R$500 mil a entidades
A Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Itaúna informou que foram arrecadados mais de meio milhão de reais com a doação de Imposto de Renda às entidades beneficentes da cidade. Conforme a Secretaria foram captados R$ 430 mil para o Fundo Municipal da Criança e do Adolescente e mais R$ 100 mil para o Fundo Municipal do Idoso. Esse dinheiro será distribuído às entidades beneficiadas conforme escolha dos doadores e acompanhamento da Secretaria, que tem um setor destinado a acompanhar todo o processo. (Folha Povo - Itaúna)