Córrego com mato e lixo traz preocupação a moradores

31/01/2019
Fabio Henri

Um morador das proximidades da avenida José Caetano de Andrade, no bairro São Francisco, em Passos, entrou em contrato com a reportagem da Folha e reclamou da forma como a administração cuida do córrego presente nessa via. Conforme dito pelo cidadão, o mato está enorme e vários resíduos estão presentes no local. Além disso, o leitor explicou que, quando os funcionários da Prefeitura vão fazer o serviço de roçada dentro do córrego, eles apenas podam o mato, se esquecem de limpar, remover o lixo. Acrescentou também que a vegetação está presente em todo o interior da área e revelou que há a presença de garrafas PET, que podem aglomerar uma quantidade significativa de água, podendo apresentar foco do mosquito Aedes aegypti. “Não entendo o motivo de o local ficar cheio de mato. Será que não tem fiscalização? A Prefeitura poderia reforçar mais nisso, ainda mais sabendo que está aumentando casos de dengue no município. As pessoas acabam jogando lixo dentro da área e a gestão poderia muito bem limpar o córrego todo, e não só remover o matagal”, disse. Outra questão é que, de acordo com um assinante da Folha, essa é uma situação que sempre acontece no local. “Vivo vendo esse córrego nesse estado. Já li na Folha reclamações parecidas com essa. A gestão municipal sabe que nesses locais há lixo, mato alto e espera sair no jornal para tomar as providências. É uma vergonha”, finalizou. 
 
Resposta:
A Prefeitura de Passos, por meio do Departamento Municipal de Limpeza Urbana, informou que já está em planejamento a limpeza da vegetação do dito córrego, porém, para que o serviço seja realizado, é necessário também um período de estiagem das chuvas.