BH e outras três cidades de Minas retomam horário eleitoral nesta semana

11/10/2016
Estado de Minas
Marcelo Ernesto

O horário eleitoral gratuito nas quatro cidades de Minas Gerais que terão segundo turno será retomado nesta semana, de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Além de Belo Horizonte, os eleitores de Juiz de Fora, na Zona da Mata; Montes Claros, no Norte do estado; e Contagem, na região metropolitana, voltam às urnas em 30 de outubro. O programa eleitoral termina na sexta-feira, 28, dois dias antes da votação.

A primeira a retomar a propaganda no rádio e na TV é Juiz de Fora. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), os programas serão retomados nesta terça-feira. Com 39,07% dos votos válidos no primeiro turno, o prefeito Bruno Siqueira (PMDB), que tenta a reeleição, enfrenta a deputada federal Margarida Salomão (PT), que terminou com 22,28%.

Em BH, a propaganda será retomada na sexta-feira, dia 14. A Justiça Eleitoral deferiu o pedido feito por João Leite (PSDB) e Alexandre Kalil (PHS), que concorrem à prefeitura da capital, para reduzir o tempo do programa na na TV. Cada um dos concorrentes terá cinco minutos em cada bloco. Antes, tanto Leite quanto Kalil teriam 10 minutos cada. O tempo no rádio permanece o mesmo, ou seja, 20 minutos para cada um. O candidato tucano saiu na frente no primeiro runo, com 33,4% dos votos, e ex-presidente do Atlético ficou com 26,5%.

Em Contagem, a retomada dos programas será na quarta-feira, dia 12. Assim como na capital, na cidade vizinha os candidatos pediram à Justiça Eleitoral a redução do tempo de propaganda de 10 minutos para cinco em cada bloco. Carlim Moura (PCdoB) venceu a eleição no primeiro turno com 27,87% e disputa o segundo com Alex de Freitas (PSDB), que registrou 24,68%.

Em Montes Claros, onde a disputa, ganhou contornos judiciais, a propaganda será retomada no sábado. Apesar de o prefeito afastado Ruy Muniz (PSB) ter tido a chapa cancelada pela Justiça Eleitoral - provocada pela desistência do vice dele após o fim do prazo para apresentar novo nome -, ele disputará o segundo turno com apoiado em uma liminar da Justiça. O candidato Humberto Souto (PPS) venceu o primeiro turno, com 76.595 votos. Muniz teve 48.834.